A cultura das patentes nos EUA

April 23, 2018

 

Certo dia, um amigo meu, cansado das minhas explicações de que os Estados Unidos estão muito à frente do Brasil em termos de depósito de pedidos de patente, me disse que seria inútil comparar os dois países porque em qualquer outro quesito os Estados Unidos também seriam referência. Portanto, seria natural a vantagem americana sobre o Brasil também nesse quesito das patentes. 

 

 

O que esse meu amigo não sabia é que, enquanto o PIB americano é 10,3 vezes maior que o nosso e o número de pesquisadores naquele país é 9,5 vezes maior que nosso (dados do banco mundial), o número de depósito de pedidos de patente realizado por americanos nos EUA é 57 vezes maior que o número de depósito realizado por brasileiros aqui no Brasil (dados da WIPO de 2016). 

 

Isso significa dizer que, na primeira semana de janeiro de qualquer ano, os EUA já depositaram a média nacional Brasileira de patentes para aquele mesmo ano!

 

Existe uma cultura de depósitos de pedidos de patente nos EUA que data desde o século XVIII, dos tempos de George Washington. O sonho americano do self made man se confunde muito com a historia das patentes. Como me disse certa vez uma advogada americana que trabalha na área, a cultura das patentes está enraizada no DNA americano desde o princípio.

 

E não é só no ambiente empresarial que esse tema é recorrente. A cultura das patentes penetra o imaginário popular do americano. O americano comum encara esse tema com naturalidade e costuma ter noções básicas de propriedade industrial.

 

Quer uma prova disso? Praticamente toda série americana que fala de direito, i.e. que se passa em um escritório de advocacia, aborda esse tema.

 

Na série Better Call Saul, por exemplo, tem esse episódio em que o Advogado Saul Goodman em começo de carreira se depara com um inventor pessoa física que fez uma invenção bastante inusitada.

 

 

 

Na série Suits, outra série sobre direito e escritórios de advocacia, há pelo menos dois episódios sobre o tema patentes. No episódio 2 da temporada 1, o protagonista passa todo o episódio discutindo a redação de um pedido de patente.

 

 

Há também o filme Joy: O Nome do Sucesso, que narra a história real de uma inventora americana que ficou milionária inventando ferramentas de auxílio doméstico e teve alguns problemas ao longo do caminho com o procurador que acompanhava seu pedido de patente.

 

 

 

Como não falar também, da série Silicon Valley do canal HBO que exibe o cotidiano de uma série de geeks em início de carreira vivendo em Paulo Alto, Califórnia. Nessa série há um episódio inteiro chamado "patent troll" (episódio 7 da temporada 4).

 

 

 

E o programa de TV Million Dollar Genius do History Channel, exibido aqui no Brasil como O Inventor Milionário. Esse programa exibe apenas histórias de sucesso de inventores pessoa física que ficaram ricos com suas patentes de invenção.

 

 

 E o Rellity show da CNBC Make me a Millionaire Inventor, que traz logo no canto direito de seu logo a expressão "patent pending":

 

 

 

E os exemplos não acabam por aí... Se eu fosse mais aficionado por cinema e séries de TV, certamente teria ainda mais exemplos para mostrar aqui.

 

Agora, pensa comigo. Qual a última novela ou filme brasileiro que tratou desse tema? Eu desconheço. Se você lembra de algum filme ou novela brasileira que já tratou desse tema, comenta aí.

 

 

 

Gostou desse artigo? compartilhe na sua rede social.

 

 

 (imagem de capa: Tim Mossholder on Unsplash)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Our Recent Posts

Posso patentear um método cirúrgico?

November 1, 2019

Busca de Patentes

October 10, 2019

Patente de software

October 3, 2019

1/1
Please reload

Tags

Please reload

11 995111782

São Paulo, Brasil

©2018 by arimagalhaes